3 de abril de 2014

O que é Antroposofia?

                                       Fonte: Instituto Apoio Brasil                                           http://www.antroposofy.com.br/wordpress/o-que-e-antroposofia/

“Antroposofia é uma filosofia de vida que reúne os pensamentos científico, artístico e espiritual numa unidade e que responde às questões mais profundas do homem moderno sobre si mesmo e sobre suas relações com o universo.”



Antroposofia (palavra derivada do grego anthropós, homem, e sophia, sabedoria) é uma filosofia de vida que reúne os pensamentos científico, artístico e espiritual numa unidade e que responde às questões mais profundas do homem moderno sobre si mesmo e sobre suas relações com o universo.
Elaborada no início deste século pelo filósofo austríaco Rudolf Steiner (1861-1925), a Antroposofia é um método de conhecimento que aborda o ser humano em seus níveis físico, vital, anímico e espiritual, e mostra como essas naturezas, absolutamente distintas entre si, atuam em constante inter-relação. Trata-se de uma Ciência que se interessa pelos processos físicos abordados pelas ciências naturais e também por todos aqueles processos que não podem ser materialmente mensuráveis. Esta abrangente e organizada compreensão do ser humano e de seus relações com o Cosmos trouxe um substancial enriquecimento a todos os campos práticos da sociedade, contribuindo, com suas descobertas, para uma vida humana mais íntegra.
A Antroposofia chegou ao Brasil, mais especificamente ao Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Alegre, com os imigrantes europeus no começo do século. Em São Paulo, o movimento cresceu e consolidou-se, passando então a permear e a orientar diversas atividades profissionais.
A colaboração de cientistas, artistas, médicos, educadores, agricultores, sociólogos e outros profissionais das mais diversas áreas que se orientam pelos princípios antroposóficos, tem fortalecido e aumentado a abrangências do movimento, que propões recriar o conhecimento científico atual com uma visão artística, espiritual e mais humanizada.
Nos anos 90, a ciência vem se aproximando do que Rudolf Steiner chamou de “ a compreensão mais elevada das coisas”. As questões tratadas pela Antroposofia foram oficialmente enunciadas no meio científico a partir de 1986, pela Unesco, no Congresso de Veneza, onde foi apontada a defasagem entre os avanços tecnológicos e a qualidade de vida das pessoas e da sociedade no planeta. Em 1994 houve o I Congresso Mundial de Multidisciplinaridade, coordenado pelo sociólogo Edgar Morin, pelo artista Lima Freitas e pelo físico Nicolesu, onde se discutiu a necessidade de o homem contemporâneo encontrar novas bases espirituais para a vida. Podemos reconhecer nestes novos fundamentos os anseios essenciais da concepção antroposófica de Ciência, Cultura e do homem.

14 de março de 2014

Germinação de Sementes

                                             

                                                               Lucyane Crosara


                                                          Nutricionista Funcional







Germinar grãos e sementes= mais saúde. Quando deixamos as sementes de molho , enzimas que antes não estavam liberadas, se tornam disponíveis, o que melhora absorção. Este processo aumenta o valor nutricional dos grãos e sementes, aumentando quantidades de proteínas, vitaminas e minerais. Não passa por processo de cocção, comemos assim: crua. São muito saborosas. Gosto de colocar na salada ou jogar por cima do arroz. O passo a passo está no meusite.www.lucrosaranutricao.com.br. ‪#‎nutricaofuncional‬‪#‎nutricionistafuncional‬ ‪#‎medicinaantroposoficauberlandia‬‪#‎comidavegetariana‬ ‪#‎vegetarianos‬

10 de março de 2014

CURSO VIVENCIAL DE KARUNA REIKI

                                   
                                     
                                                               KARUNA REIKI

Palavra em Sânscrito utilizada no Hinduísmo, Budismo e na Prática Zen que significa " qualquer ação que se toma para diminuir o sofrimento dos outros" - Ação Compassiva. Promove a conexão com energias sanadoras através de símbolos que possuem uma elevada e profunda potência energética e quântica. Atuam na desprogramação de memórias celulares traumáticas, em assuntos cármicos e interdimensionais, no sistema de crenças limitantes. Conecta com a energia do coração, da mãe Terra, dos quatro elementos da natureza, com a Hierarquia Cósmica Espiritual e com o Eu Superior. Equilibra, limpa e harmoniza os chakras e corpos energéticos. Promove o ancoramento e alinhamento energético ativando a clarividência e o discernimento entre o real e o ilusório.

                            PÚBLICO ALVO: Iniciados no Reiki I e II

DATA: 15 e 16 de março de 2014. Sábado das 8:30 às 18:00- com
            intervalo de almoço. Domingo das 9:00 às 13:00
LOCAL e INSCRIÇÕES: Ajnar Instituto de Medicina e Espiritualidade.  Av. Liberdade, 1262- (34) 32198636.  www.medicinaantroposoficauberlandia.com
PROFESSORA e FACILITADORA: Dra. Tânia Helena Alvares

1 de março de 2014

Xamanismo - Animais de Poder - Poderes Arquetípicos


ANIMAIS - ABRA-SE A PORTA DOS MISTÉRIOS....



Os animais de poder são manifestações dos poderes arquetípicos ocultos, que estão por trás das transformações humanas. Torna as pessoas com um corpo vigoroso, aumenta a resistência a doenças, a acuidade mental e a autoconfiança.

Eles auxiliam no diagnóstico de doenças, na realização de objetivos desafiadores, para aumentar a disposição, auxiliam no autoconhecimento. Enfim, são nossos aliados.

Cada animal traz seus talentos específicos, ou uma essência espiritual, e através disso, cada um com sua própria medicina, transmitem-nos a sua sabedoria.

Esse relacionamento com o animal poderá lhe trazer um vigor extra, ajudará a ter idéias mais criativas, a prevenir doenças ou ajudar na recuperação de sua saúde, a melhorar seu relacionamento com as pessoas e com o Universo, aumenta sua intuição, melhora seu poder de tomar decisões, aumenta a confiança e a disposição para enfrentar os desafios da vida, proteção contra perigos.

Minha intenção é estabelecer um processo para os leitores conectarem-se com nossa Mãe Terra através de suas criaturas, e o que me cabe aqui agora, são as criaturas animais.

Espero abrir uma nova porta de entendimento e autoconhecimento, uma ponte para um novo modo de ver o mundo, que traga mais conhecimento para caminhar em equilíbrio na nossa Mãe Terra.

Nesse momento decreto que se abra a porta do Mundo Profundo, para que você leitor, se encontre com os mistérios, com a magia e com o poder dos espíritos animais

Xamanismo - O Poder do Reino Animal


O PODER DO REINO ANIMAL
Léo Artese





No xamanismo aprendi a conhecer o Poder do Reino Animal. Descobri que há um animal guardião presente em cada um de nós. Tambem chamado de animal de poder, espírito protetor, nagual, aliado totem, etc., representa o nosso alter ego, nosso duplo. É o nosso instinto animal, nosso lado mais forte e menos racional.



Os animais estão mais próximos do que nós da Fonte Divina. O animal é mítico, onírico. Quando compartilhamos de sua consciência animal, podemos transcender o tempo e o espaço, e, as leis de causa e efeito. A natureza da relação entre o homem e o animal é de origem espiritual.

Exploro o significado de animal para todo o ser vivo e organizado, que se movimenta, que não seja o homem. Dentro dessa definição, quero abordar para o termo animal; os mamíferos, répteis, insetos, peixes, aves, e tudo o que tem vida e se movimenta.

Todas as coisas do Universo têm espírito e vida. As pedras, a terra, o céu, as águas, as plantas e os animais são diferentes expressões de consciência, em reinos e realidades diferentes. Todas as coisas do Universo se harmonizam com o todo, e sabem como se dar uns aos outros.

Os animais simbolizam aspectos instintivos, inconsciente do ser. Jung considerava o simbolismo animal como uma visualização do Eu Inconsciente. Ele afirmava que o homem torna-se humano ao conquistar a sua individualidade animal

Todos nós temos um animal, fazendo parte de nossa Medicina Pessoal. Os Totens, ou animais de poder são uma força que nos ajudam na busca de harmonia. Estão profundamente enraizados na nossa consciência, representando qualidades que necessitamos desenvolver, as lições que devemos aprender, com intuição e humildade, que estão ocultas.

Quando evocamos o poder do animal, evocamos a essência da criatura. Aprendendo sobre os aspectos animais de nossa própria natureza, podemos nos conectar com padrões instintivos que guiam o comportamento dos animais e que estão presentes nos seres humanos, como uma fonte inesgotável de sabedoria.

Extraído do livro : O Espírito Animal de Léo Artese